Ainda não foi dessa vez que consegui ter uma boa experiência de leitura em obras que tiveram como proposta misturar romances com teorias sobre gestão. As obsessões de um executivo extraordinário, do consultor americano Patrick Lencioni, é