7 dicas infáliveis de como ser um bom Gerente


como-ser-um-bom-gerente

O exemplo é fonte de inspiração para fazer mais e melhor. Um bom gerente inspira sua equipe, é capaz de lidar com as diferenças entre as pessoas, pressões, metas e cobranças, e, acima de tudo, de fazer escolhas difíceis e decisivas para o futuro da empresa.

Você, gerente, está preparado para ser um exemplo de liderança para seu time?

Confira essas dicas que irão te inspirar nessa missão:

Um gerente ruim pode fazer tão mal para a saúde dos funcionários quanto fumar passivamente

Essa foi a descoberta de uma pesquisa feita por professores de Harvard e Stanford.

Eles exemplificam: Gerentes ruins são geralmente verbalmente agressivos, narcisistas e podem até se tornar violentos. Frases típicas dos gerentes ruins são: “Aqui nada funciona se eu não estiver por perto!”, “Nós sempre fizemos assim!” ou “Agradeça que você tem um emprego.” O líder é o principal motivo que leva os funcionários a pedirem demissão em suas empresas. Esse resultado se repete ano após ano!

E se as coisas não estão acontecendo do jeito que deveriam acontecer, muito provavelmente o problema está na gerência. Quase sempre o gerente é o gargalo!

Ao gerencias pessoas, você realmente deve dar atenção a pequenas coisas

Um estudo de 2008 revelou que eventos pequenos, mas regulares, inclusive frequentar a igreja e exercitar-se na academia, podem render aumentos cumulativos no sentimento de felicidade. De fato, quanto mais os participantes do estudo iam à igreja ou se exercitam, mais felizes eles eram.

Embora qualquer pequeno evento tenha por si só um efeito minúsculo, esse efeito não desaparece enquanto acontecimentos semelhantes continuarem ocorrendo; uma pessoa que se exercita regularmente se sente um pouco mais feliz cada vez que sai da academia, e fica mais feliz do que estava antes de começar a frequentar a academia.

De modo semelhante, um funcionário que repetidamente presencie a insegurança de seu gerente terá dele uma opinião pior do que tinha antes de entrar para a equipe, bem como se ele receber elogios constantes, sua opinião positiva sobre a chefia irá crescer gradativamente.

Conclusão: Pequenos eventos positivos ou negativos são minúsculas doses de estimulantes ou de desestimulantes psicológicos para as pessoas. Portanto, use isso a seu favor.

Como gerente você nunca deve:

Deixar de disseminar informações relevantes ao projeto para a equipe

Microgerenciar: não sufoque a autonomia dos membros do grupo no desempenho de seu trabalho

Deixar de motivar e de inspirar a equipe com o que você diz, e, especialmente, com o exemplo que você dá por seus próprios hábitos de trabalho

Evitar solucionar problemas; também não crie problemas devido à sua própria timidez ou arrogância

Deixar de dar missões e metas claras, apropriadas e significativas

É preciso conhecer as pessoas para lidera-las

Assim como não é possível liderar um grupo de estranhos, também não se pode confiar na primeira pessoa que você vê na rua. A boa gerência exige confiança, e a confiança vem através de um relacionamento pautado no respeito mútuo.

Para conhecer as pessoas, sem as quais nada se realiza, você pode:

Saber o que está acontecendo em sua organização todos os dias.
Ajudar a quem precisa de ajuda.
Elogiar e reconhecer quem tem mérito.
Divulgar sua visão em toda a organização.

Sim eu sei, dá trabalho, mas funciona.

Não desqualifique as opiniões de sua equipe

Por que tantas empresas de serviço não confiam em sua equipe, em seus funcionários, e deixam um recado claro de que reclamação do cliente tem muito mais força que sugestão de um funcionário?

Muitas empresas e organizações têm elevados custos com a seleção de bons profissionais, investem em treinamento, entregam equipamentos caríssimos nas mãos dessas pessoas, que por descuido ou mau uso podem causar verdadeiros prejuízos, e delegam a responsabilidade de representar sua empresa perante o cliente.

MAS, não confiam na capacidade dessas pessoas em fazer algumas observações sobre o serviço, as instalações. Preferem valorizar somente a palavra do cliente.

Como você se sentiria se fizesse uma observação sobre a tinta descascada na parede e a Direção nada fizesse, mas, diante da primeira vez que um cliente reclamasse, ela logo providenciasse a correção daquela falha?

Por isto digo: não ouvir e levar em consideração a palavra de sua equipe é uma excelente forma de DESqualificar sua equipe

Todo grande gerente sabe o momento de comemorar

A cada conquista positiva, tenha o habito de comemorar. Ao termino da implementação do projeto comemore com sua equipe.

Agradecer somente não basta. Os times de futebol, os pilotos de fórmula um, os atores e atrizes de novela. Todos comemoram ao final de um trabalho bem feito.

Isso condicionará sua equipe a produzir cada vez mais trabalhos bem feitos.

Todo gerente é um influenciador

Em seu livro Bom Chefe, Mau Chefe, o autor e professor Robert Sutton, conta que diversos experimentos foram realizados de modo a ser impossível aos líderes do estudo influenciarem o desempenho da equipe. Entretanto, mesmo assim, os participantes ainda atribuíram a maior parte do crédito e da culpa ao líder envolvido.

Sabe aquele papo de que a culpa ou a glória do time é sempre responsabilidade do técnico?

Então, é bom por aí…

Portanto, Se você é gerente, essa é a sua sina na vida.

Você não pode muda-la; então, é melhor aprender a lidar com ela.


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com