Como conseguir um feedback sincero?


feedback-4

E as aulas finalmente voltaram!

Entre altos e baixos, como em qualquer profissão, eu posso dizer que sou um felizardo, pois realmente amo o que faço e não via a hora de voltarem às aulas para poder contar aos meus alunos tudo o que aprendi nesse período de férias (para quem ainda não me conhece, trabalho compartilhando conhecimento, ou como alguns gostam de chamar, sou professor).

E o que será que estou reservando de novidade para esse semestre?

Bem, sempre que surge alguma ideia fora do normal, e geralmente isso acontece no meio da madrugada, eu logo a escrevo no meu bloco de anotações do celular para que no outro dia eu a não esqueça. Considero essa prática fundamental na vida de qualquer profissional. Eu mesmo já cansei de confiar em minha memória e acordar no outro dia me arrependendo profundamente por não conseguir lembrar de nada. Isso também já aconteceu com você?

Fico muito feliz quando eu consigo pensar em algo que me ajude a solucionar algum problema. Nesse caso, um assunto me incomodava muito desde os meus tempos de aluno: como contar para os meus professores sobre o que eu estava achando de suas aulas? Invertendo os papeis, como fazer para que os meus alunos me prestem um feedback sincero?

Por mais que o líder deixe claro para as pessoas que ele lidera o quão importante é que todos expressem suas opiniões e sentimentos com relação ao seu trabalho, seria muita inocência acreditar que isso sempre acontece. Aliás, ouso dizer que isso quase nunca acontece.

Os motivos para isso são os mais variados possíveis. Pode ser por medo de sofrer algum tipo de repreensão ou perseguição, por timidez, por falta de oportunidades, enfim…

Para tentar resolver esse problema, eu imediatamente resolvi criar um formulário no Google Docs do qual qualquer pessoa que tem contato comigo poderá me dizer, anonimamente, o que pensa sobre minha pessoa ou sobre o meu trabalho. Veja como ficou:

Bem simples não acha?

Essa foi a forma que eu encontrei para que todos aqueles que me conhecem me prestem um feedback sincero, excluindo qualquer tipo de comprometimento por parte da pessoa que está escrevendo.  Acredito que esses depoimentos serão essenciais para o meu aprimoramento pessoal e profissional. É como diz o velho ditado, o pior cego (líder) é aquele que não quer ver.

Irá funcionar? Não sei dizer. Mas o que vale para mim é esforço. Lembrando que esse método de feedback que eu criei, o outro eu descrevi melhor nesse texto.


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com