Como elaborar uma apresentação convincente


Quem acompanha o blog pôde perceber que ultimamente tenho feito algumas pequenas palestras, e que, por razões de preparação e de sorte (nunca descarte o fator sorte), tenho ficado bastante satisfeito com os resultados alcançados (os elogios são o meu termômetro, considere que se você não recebê-los, é porque as coisas não saíram tão bem quanto você imaginava).

Como eu já vinha compartilhando os slides delas, hoje resolvi compartilhar também um pequeno roteiro que utilizo para me apresentar. Tal plano foi retirado do livro Como conquistar as pessoas, de Allan & Barbara Pease, que pelo que me recordo, foi um dos cinco primeiros livros que comprei, e que por isso tem esse título de auto ajuda.

Speech Maker

Se você enfrenta esse problema, preste atenção nessas dicas

O roteiro é bem simples e serve apenas como um norte, entretanto, se encaixa muito bem em apresentações curtas, de até uma hora de duração.

4 passos para elaborar uma apresentação convincente

1.      Que saco!

Quando você se coloca diante do público, muitos estarão pensando: “Que saco!… Outra palestra chata.” Por isso é preciso começar com uma declaração ou uma história dramática, empolgante ou engraçada, que comova o público e prenda a sua atenção.

OBS: dos quatros passos, esse é de longe o mais importante, aliás, é o único que eu diria ser imprescindível. Explicarei esse detalhe no final do texto.

2.      Por que falar sobre esse tema?

O próximo passo é dizer ao público por que você fez a declaração ou contou a história dramática, engraçada ou empolgante, e a importância que isso tem para eles.

3.      Por exemplo?

É aqui que se concentra a maior parte do seu discurso. Apresente três pontos ou motivos capazes de mostrar que o que você vai dizer é verdadeiro e importante para eles. Se for falar por um período mais longo, forneça também uma justificativa para cada ponto.

4.      E daí?

Ao final da palestra, as pessoas estarão pensando. “E o que você pretende que eu faça em relação a isso?” É aí que você deve motivá-las a adotar os pensamentos, idéias e atitudes que sugeriu.

Exemplo:

Digamos que você esteja falando para um grupo de pais sobre segurança nas estradas e seu objetivo seja convencê-los a respeitar a faixa de pedestres e a não atravessar com as crianças em qualquer ponto de uma rua de muito movimento. Ficaria assim:

1.      Que saco!

 2.355 crianças morreram ou foram mutiladas no ano passado, desnecessariamente, por culpa dos pais. De acordo com as estatísticas, dois de vocês aqui presentes em breve estarão olhando nos olhos de uma criança hospitalizada e rezando para que tudo termine bem. A questão é: quais de vocês?

2.      Por que falar sobre esse tema?

Levanto este fato, senhoras e senhores, porque se trata do número de crianças atropeladas neste país no ano passado ao atravessarem a rua para se juntarem aos pais. E 96% delas não estavam numa faixa de pedestres. O tema de que vou tratar é fundamental para cada um de vocês, pois todos amam seus filhos.

3.      Por exemplo?

(Ponto 1) O Conselho Nacional de Segurança recentemente conduziu um estudo englobando 46 escolas e descobriu … (justifique citando fatos, estatísticas e demais informações.

(Ponto 2) Fizemos o nosso próprio levantamento das atitudes dos pais em relação à segurança nas estradas em nossa região e chegamos à conclusão….

(Ponto 3) Como pai, e estou certo de que vocês se sentem da mesma forma, já me perguntei diversas vezes (aqui se encaixa até uma opinião pessoal)

4. E daí?

O que eu gostaria que fizessem é que, a partir de hoje, ao buscarem seus filhos no colégio… (motive a plateia a fazer o que você sugeriu)

No meu caso, o norte da minha apresentação sempre vai até a questão 1.

Por exemplo, ao falar sobre Marketing Pessoal, comecei dizendo que “a realidade hoje é que não há empregos para todo mundo, e que no futuro as coisas serão ainda piores. Uma das soluções para que vocês consigam se destacar em meio a esse monte de gente igual é utilizar as técnicas que irei apresentar, caso achem isso desnecessário, sintam-se a vontade para fazer parte dessas tristes estatísticas”.

Já quando falei sobre Oportunidades de Marketing, comecei dizendo que “muitos gestores de marketing deixam de faturar uma enorme quantia em dinheiro porque desconhecem simples técnicas de Marketing que deveriam ser utilizadas no momento certo. Será que vocês também estão perdendo dinheiro por desconhecer esse fato?

Sempre comece APAVORANDO o seu público, como já dizia um antigo professor: “se você quiser prender a atenção das pessoas logo no começo, deixe-as apavoradas com uma má notícia logo de cara”. Esse o conselho que eu procuro seguir.

Espero ter ajudado aqueles que, por falta de uma orientação adequada, acabam deixando escapar a chance de expor suas ideias e a sua própria marca pessoal em público, já passei por isso e sei como é complicado.

Só peço que se você resolver utilizar esse roteiro, por favor poste aqui seus resultados obtidos.


Newslatter

Comentários

  1. Leonardo diz:

    Opa, veio na hora certa, amanha vou colocar em prática este simples e ao que parece eficiente roteiro

    1. Boa sorte Leonardo!

LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com