A escassez do elogio


elogio

Por que é tão difícil elogiar alguém?

Por que é tão difícil elogiar um funcionário que cumpriu com suas obrigações de forma exemplar?

Por que é tão difícil elogiar sua namorada/esposa quando ela coloca aquele vestido novo para sair com você? Por que é tão difícil reparar em seu novo corte o cabelo ou em suas unhas novas cor sim cor não que para você não faz diferença alguma?

Por que é tão difícil elogiar o seu filho quando ele tira uma boa nota? Ou quando ele faz alguma atividade do qual você não pediu?

Por que é tão difícil elogiar um garçom que te atendeu bem? Ou o cozinheiro que preparou aquele prato que lembrou, e muito, a comida da sua mãe?

Por que será que é mais fácil achar que essas pessoas não fizeram mais do que suas obrigações?

Por que será que é mais fácil olhar para o lado e dizer “essas pessoas recebem para isso, pronto e acabou.” ?

A impressão que dá é que nos sentimos seres superiores e que proferir um elogio para alguém faz nos sentirmos rebaixados.

Parece ser mais fácil e mais simples fingir que estávamos distraídos na hora, do que parar e dizer um simples “parabéns, bom trabalho”.

Um elogio sincero é uma tremenda forma de se tornar presente para a pessoa da qual você está elogiando, digo isso porque hoje as pessoas não estão mais acostumadas a receber elogios, todas elas reclamam que estão sempre com a vida corrida, que tem contas para pagar e trabalhos para fazer.

Essas pessoas dizem que sua vida já é bastante corrida e alienada para se darem ao trabalho de reparar em detalhes.

O elogio é citado por diversos autores como uma excelente forma de criar empatia. Nunca ouvi falar de nenhum caso no qual um elogio se tornou contraproducente, exceto é claro nos casos de bajulação.

Quando você elogia alguém, essa pessoa se sentirá quase que obrigada a retribuir o favor, é uma dívida  de gratidão que não tem preço.

Resumindo, o elogio, que também pode vir na forma de um “muito obrigado”, é uma excelente oportunidade de você se destacar na multidão alienada.

Afinal, o diferencial não deve ser aplicado somente em produtos e serviços.

Dizer uma coisa que ninguém diz, fazer uma coisa que ninguém faz, é sim uma grande oportunidade para se destacar.


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com