[Evento] 2º CartoHelp! – Empreendedorismo Criativo


IMG_9903

Olha só como a vida é surpreendente. Quem se lembra que no primeiro post do ano eu comentei que havia acabado de frequentar um evento sobre inovação onde TODOS os 8 palestrantes citaram o Google e a Apple como exemplo de empresas inovadoras em suas apresentações?

Inconformado com tal pobreza teórica e preguiça prática, além do descaso com os pequenos empresários brasileiros que estão fazendo as coisas acontecerem contra tudo e contra todos, eu prometi que na próxima palestra que eu fosse convidado eu me desafiaria a falar sobre inovação sem citar nenhuma dessas duas empresas. Que desafio heim?

Pois bem, para minha surpresa, poucos dias depois dessa postagem eu fui convidado para falar sobre empreendedorismo no 2º CartoHelp! , evento organizado pelo pessoal EJECart, empresa júnior do curso de Engenharia Cartografia da Universidade Estadual Paulista.

Tive a responsabilidade de ser o primeiro a me apresentar e durante aproximadamente 60 minutos falei principalmente sobre como qualquer um pode criar um produto ou um serviço notável, tornando-se um empreendedor diferenciado em um mercado extremamente competitivo. 

Essa proposta audaciosa obviamente não partiu do nada, minha apresentação foi baseada quase que inteiramente nas ideias de um dos maiores artistas atuais do Marketing, o autor e consultor Seth Godin. Dentre os inúmeros itens abordados em seus livros Brinde Grátis! Aproveite e Vaca Roxa, eu não poderia deixar de destacar o que ele chama de “Roda Circular”, que por fins didáticos eu acabei renomeando para o Asterisco dos Extremos.

IMG_9907 (1)

Se vocês perceberem, no centro do asterisco está localizado um círculo negro, composto por todas aquelas empresas que lançam produtos MÉDIOS.


Mas o que é considerado um produto médio?


É aquele que não é nem barato e nem caro, nem grande e nem pequeno, nem bonito e nem feio, nem chamativo e nem simples. Enfim, é onde praticamente 99% das empresas atualmente se encontram. Na briga por esse espaço sangrento vence quem tiver o melhor preço!

Um exemplo prático:

Se a pizzaria do Pedro cobra R$30,00 pelo rodízio e a do Zé cobra R$27,00, quem pensa em abrir uma quer cobrar $28,50 para não fugir da “média”!


A minha provocação foi a seguinte:


Porque não cobrar $15 e oferecer somente o básico? Ou cobrar $40 e oferecer 50 sabores? Porque você tem que se enquadrar no que os outros dizem e fazem?

As coisas notáveis estão nos extremos e não meio! FUJA do meio! FUJA da média!

Abaixo deixo os slides da apresentação.

Ansioso pelo próximo desafio!


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com