[Resenha] Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus


livro-homens-são-de-marte-mulheres-são-de-vênus

Terminei de ler o livro Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus escrito pelo americano John Gray. Não é o tipo de livro que estou acostumado a ler, mas separei algumas partes para fazer uma breve resenha.

Resumindo o início, o autor cria um cenário que nos primórdios dos tempos, apenas homens moravam em Marte e apenas mulheres moravam em Vênus, o planeta vizinho, cada qual com seus costumes. Um certo dia alguns homens avistaram algumas mulheres em Vênus e resolveram partir para lá. Depois de se conheceram, resolveram todos partirem para o planeta Terra e construírem suas vidas juntos. E aí começaram os problemas, pois os costumes de cada planeta se misturaram formando um só.

Dentre várias e várias passagens, vou citar uma que eu achei interessante e até certo ponto engraçada! O Autor lista “algumas maneiras de marcar pontos com uma mulher”

Antes de cita-las, vou descrever o modo com que o autor explica como as mulheres contabilizam esses pontos.

Contagem Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus

Segundo ele, as mulheres atribuem 1, e apenas 1 ponto, não importando se o ato ou gesto for de grande ou pequena importância (Ex: o homem costumar achar que dando um carro ou uma viagem para sua mulher marcará muitos pontos de uma vez só, quando na verdade estará marcando apenas 1 ponto, seu placar nao estará 30 x 0 como ele imagina, e sim 1×0)

Ainda segundo o autor, é preferível você fazer vários atos pequenos, do que um único grande.

Explicado a forma de pontuação, vamos a elas. Vou citar poucas, no livro traz 101, porém pra não ficar cansativo, vou citar e explicar apenas algumas:

ALGUMAS MANEIRAS DE MARCAR PONTOS COM AS MULHERES

1 – Faça-lhe perguntas específicas sobre o dia dela que indiquem que você sabe o que ela estava planejando (ex. : “Como foi sua consulta com o médico?”).
Mulheres gostam de se sentirem especiais, portanto, a sua preocupação com o que ela fez ou irá fazer te somará pontos

2 – Tente ouvir e fazer perguntas. e 3 – Resista à tentação de resolver os problemas dela em vez disso demonstre empatia.
Não se ache o senhor sabe-tudo que conseguirá resolver todos os problemas, mulheres não gostam de ouvir soluções mágicas, apenas querem ser ouvidas e compreendidas)

4 – Planeje um programa com vários dias de antecedência, é preferível do que esperar até sexta à noite e perguntar o que ela quer fazer.
Primeiro, elas precisam de tempo para se prepararem, segundo, já vá com sugestões de lugares ou o próprio lugar definido, evite perguntar “aonde iremos hoje?”

5 – Quando você se atrasar, ligue para ela e avise
Essa dispensa explicações

6 – Sempre que os sentimentos dela tiverem sido magoados, demonstre alguma empatia e digalhe “Sinto muito que você se sinta magoada”. Depois fique em silêncio; deixe que ela sinta que você compreendeu a mágoa dela. Não ofereça soluções ou explicações de por que a mágoa dela não é culpa sua.
E mais uma vez, EVITE dar soluções que você julga serem certas para a mulher. Segundo o autor, a pior coisa que um homem pode dizer para uma mulher quando ela está magoada é “não se preocupe, isso não é nada demais”

Concluindo, é um bom livro, não é cansativo, deu para ler as cerca de 280 páginas em 5 6 dias. O dia que eu estiver animado eu escrevo e explico mais algumas.

Abraços


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com