A importância de dominar idiomas estrangeiros


 

idiomas-mercadodetrabalho

O mercado de hoje exige cada vez mais que os profissionais tenham, além de uma formação na área pretendida, um amplo conhecimento de línguas. Quem está em busca de destaque nas empresas precisa dominar o inglês e o espanhol, duas das línguas mais globalizadas do mundo. Hoje, ter nível intermediário no inglês já deixou de ser um diferencial para o candidato e tornou-se requisito obrigatório.

Com a globalização e a novas necessidades do mercado, aprender outras línguas passou a ser algo necessário para quem pretende ganhar destaque no ambiente corporativo. Ao contrário do que acontecia antigamente, o profissional de hoje tem muito mais acesso ao estudo da língua inglesa, por exemplo, seja através das famosas escolas de idiomas, das novas plataformas de estudo de inglês online (https://preply.com/pt/aulas-ingl%C3%AAs-online), dos aplicativos para tablets, PCs ou smartphones ou pelo método tradicional, isto é, através de livros e viagens.

Quão importante é dominar idiomas?

Estudar idiomas acelera o crescimento e desenvolvimento do indivíduo, ajudando-o a flexibilizar suas habilidades e ter melhores condições de acompanhar as mudanças, o que, nessa era tecnológica, é algo estritamente necessário. Independentemente de sua área de atuação, os profissionais, cada vez mais, precisam buscar pela ampliação de seus conhecimentos.

Hoje, apenas 13% dos brasileiros sabem se comunicar na língua inglesa sem enfrentar grandes dificuldades. No entanto, a necessidade de ter profissionais que falem idiomas existe e isso é evidente no universo corporativo.

Uma revista americana chamada Business Week revelou que o salário de qualquer profissional pode aumentar em até 30% com o domínio de idiomas. Isso porque, no mundo de informações e atividades globais que temos nessa era, o mercado busca por uma linguagem padrão e que possa ser útil no mundo todo, como é o caso do inglês e do espanhol, por exemplo.

Ou seja, está mais do que comprovado que o idioma transforma a vida de uma pessoa e isso não acontece apenas no âmbito profissional. Além de todas as oportunidades no mundo corporativo, a pessoa desenvolve novas habilidades em paralelo, tornando-se mais empreendedora e motivada a desafiar.

Qual língua compensa aprender?

Essa é uma dúvida que muita gente enfrenta quando começa a considerar aprender um novo idioma. Se você ainda não sabe falar inglês, essa é a primeira língua a ser indicada para você. Para quem já é fluente na língua, o raciocínio muda. Nesse caso, vale a pena pesquisar a língua que mais tem impacto em seu setor.

Por exemplo, se você trabalha no setor de matérias-primas ou na área de automobilismo e sua empresa tem sedes na Europa, talvez seja um ótimo investimento aprender alemão, francês ou mesmo italiano. O espanhol também conta muitos pontos na carreira do profissional, já que, depois do inglês, é o 2º idioma mais globalizado do mundo.

Independente de qual seja a sua escolha, o importante é começar a aprender o quanto antes, pois o futuro dos negócios, e isso eu não tenho nenhuma dúvida em afirmar, será mais fácil para aqueles que dominarem um idioma diferente daquele seu de origem.

Será esse o seu caso?

 

artigo_patrocinado


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com