Inadimplência: dicas importantes para se prevenir dos caloteiros


pague-o-aluguel_07.06.13

A inadimplência é um assunto cruel.

Muitos empresários já quebraram por causa da inadimplência. É mais interessante e seguro ter uma clientela pulverizada a ter um único cliente grande e consolidado, pois ele pode quebrar e levar você junto ou trocá-lo por outro fornecedor. Ficar refém da força de um único cliente, como bem alertou Porter em seu Modelo das 5 Forças, é algo perigosíssimo.

Os inadimplentes desenvolvem inúmeras estratégias para não pagar. Cito abaixo alguma delas:

  • Foram viajar
  • O carro quebrou
  • O filho ficou doente
  • O muro da casa caiu
  • A avó morreu
  • Foram roubados
  • Passarão para pagar amanhã, sem falta.
  • Já depositaram na conta e você é que ainda não conferiu (essa é a melhor).

Ainda sobre caloteiros, muito cuidado com depósitos bancários feitos em caixas eletrônicos, porque você só consegue ter certeza de que havia dinheiro no envelope no dia seguinte. Atualmente, é bastante comum o caloteiro mostrar um comprovante de depósito feito com o envelope vazio.

Então, se você entregar ou enviar mercadoria para este cliente terá prejuízo na certa.

Há mais um detalhe: abordar um devedor demanda sutileza e precisa ser de forma inteiramente legalizada, pois se você usar o Facebook ou qualquer mídia social para cobrar o inadimplente, ele ainda pode processá-lo por calunia e difamação.

Se você presta serviços, está em situação ainda pior para ser ressarcido, já que não é possível devolver serviços, diferente de carro, casa, e até roupa. Prestação de serviço não tem devolução.


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com