No empreendedorismo leva-se tempo para obter resultados


labfa-frustração-corte-475x240

O texto de hoje é um alerta tanto para os empreendedores que pretendem iniciar um negócio físico, quanto para aqueles que almejam ingressar no mundo das vendas online através de um ecommerce.

Ultimamente venho acompanhando em reportagens e notícias relatos de empreendedores que estão se sentindo frustrados pelo fato de seus negócios não estarem atingindo a receita planejada nos seus primeiros meses de existência. Caso você seja um deles, se acalme, posso afirmar com total convicção de que esse acontecimento é perfeitamente normal.

Geralmente, a não ser que a marca em questão esteja muito bem estabelecida, ou que você tenha uma grande quantia em dinheiro para executar uma volumosa estratégia de marketing, dificilmente um estreante no ecommerce irá apresentar grandes receitas em seu primeiro mês de existência. Não é assim que as coisas funcionam.

Se você for acompanhar os cases dos grandes portais, irá perceber que muitos deles venderam pouquíssimos produtos nos primeiros meses posteriores as suas inaugurações. Isso acontece principalmente porque exige-se um determinado tempo para que o consumidor comece a criar consciência sobre a sua marca, e é só depois desse período que ele passará a considera-la como uma real opção de compra.

Afinal, dificilmente você irá confiar em uma pessoa que acabou de conhecer não é mesmo?

Já no mundo físico a questão não é a receita inicial, e sim o tempo total que o capital investido leva para ser recuperado. Pouquíssimas são as empresas que conseguem quitar o investimento feito em menos de 1 ano. Para comprovar esse fato, basta ver a taxa de retorno informada em qualquer plano de aquisição de franquias, que geralmente é de 2 anos.

Nesses casos, o giro de vendas é o contrário do que acontece em um ecommerce. Geralmente essas empresas começam com uma arrecadação acima do esperado, fruto da expectativa que os clientes geram pelo fato do negócio ser uma novidade. Porém, conforme o tempo vai passando, a empresa deixa de ter esse atrativo, e se o dono não começar a pensar em uma forma de inovar o seu negócio, o fluxo de clientes irá cair lentamente, e com ele obviamente vem o decréscimo de suas receitas.

Essa ilusão de que tudo acontece rapidamente geralmente é feita pelas próprias empresas que estão por trás da prestação desses serviços, seja ela uma agência de publicidade, de desenvolvido de sites, ou mesmo um consultor de negócios.

Infelizmente, poucos são os profissionais da área que possuem a coragem e a ética de dizer tal verdade a esses futuros empreendedores. Esses vendedores de ilusões sabem que se fizerem isso poderão comprometer a venda dos seus serviços, dessa forma, capricham no seu discurso falacioso, garantindo um resultado que é impossível de se garantir.

Soma-se a isso o fato de que as pessoas preferem ouvir fatos motivacionais em vez da realidade, seja ela qual for. É como diz o velho ditado popular, junta-se a fome com a vontade de comer.

Que qualquer negócio possui risco isso é inegável. Ignorar o fato de que as coisas podem demorar a acontecer, ou mesmo nunca acontecer, só fará o empreendedor se frustrar cada vez mais.


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com