O interesse da venda deve ser sempre do vendedor!


1206Certa vez, quando liguei para um fornecedor para fazer uma encomenda de um determinado produto, fui surpreendido com a seguinte resposta:

Amigo, agora irei entrar em uma reunião e não vou conseguir te responder. Por favor me ligue daqui algumas horas que eu vejo o seu problema”.

Minha nossa, que vendedor pangaré”, foi o que eu pensei.

Desde quando o maior interessado na venda é o cliente?

Meu caro pangaré, quem precisa bater meta é você e não eu. Se você se mostrar incapaz de tomar a iniciativa para resolver o meu problema, fique tranquilo, sempre terá alguém disposto a resolvê-lo.

Minutos depois, arrumei o telefone de outro fornecedor que resolveu o meu problema prontamente, sempre se mostrando proativos, tomando a frente das negociações.

Já em outra oportunidade, dessa vez em uma loja física de varejo, cheguei até o balcão e perguntei sobre um determinado produto. Como eles não tinham a pronta entrega, a vendedora prontamente perguntou o meu nome e telefone, dizendo que me ligaria quando este chegasse na loja.

O interesse da venda é sempre do vendedor, deu para perceber a diferença?

Mesmo nos casos em que a sua empresa for a única no mercado a vender esse produto!

Essas simples, porém valiosas experiências, nos ensina como uma equipe treinada pode alavancar as receitas de uma empresa. Elas também nos mostra a diferença entre uma gestão amadora e uma gestão profissional.

É o que eu sempre digo aqui, os amadores estão com os dias contados… São os primeiros que fecharão as portas quando a crise apertar ainda mais…


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com