O líder competente não teme ressentimentos


liderenca-nas-organizacoes

Firmeza e competência geram uma reputação de respeito, não ressentimentos. É a combinação de firmeza, incompetência e mediocridade que gera ressentimento.

Líderes fracos precisam permitir que todo mundo faça o que bem entender pois sabem que essa é a maneira mais fácil de fazer com que a sua reputação fique bem falada nos corredores da empresa. Líderes fracos são incapazes de chamar a atenção de quem não entrega o seu trabalho no prazo prometido, ou de quem prejudica o desempenho geral da equipe, pois no fundo eles compreendem que se fizerem isso os seus liderados irão se rebelar.

Quem é FIRME e COMPETENTE não precisa temer o desrespeito dos membros da sua equipe.  As pessoas se inspiram e confiam em quem consegue arrancar delas o que de melhor elas têm para oferecer. Lembram do que eu falei alguns textos atrás? Nada motiva mais os funcionários do que dizer para eles que eles trabalham para a melhor empresa ou para o melhor líder.

Sempre que podem, as pessoas medianas preferem o caminho de menor esforço, e em geral gerentes e funcionários são medianos. A menos que você, como chefe, se concentre realmente nos resultados e leve os outros a fazer o mesmo, eles não o imitarão e o desrespeitarão.

Portanto, se demonstrar competência, sua firmeza será aceita. Se demostrar ser incapaz, você terá que ser o eterno líder “paizão”, aquele que nunca sabe dizer não para a sua equipe ou que nunca irá punir aqueles que são acomodados por natureza.

Acho que não é preciso dizer qual desses dois tipos de liderança gera mais resultados para as empresas.

Ser competente ou ser o que tudo permite, a escolha é sua.


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com