O mito da autoajuda precisa acabar!


auto-ajuda-faill

PQP! PAREM AS MÁQUINAS! Olhem que frase SENSACIONAL. GENIOSA.

Ela é um verdadeiro TAPA NA CARA dos Empreendedores de Palco.

Para quem não conhece a expressão, empreendedores de palco são aqueles palestrantes que ficam falando que o mundo é colorido, que basta ter força de vontade que tudo dará certo, que o mercado de trabalho está cheio de oportunidades de trabalho, basta você querer…

Eles fazem isso pois não possuem outra opção, já que não dominam nenhum conteúdo teórico-científico ou mesmo prático que serviria para embasar suas opiniões.

Agora, o ápice de um empreendedor de palco é quando ele recomenda O SEGREDO como leitura (quer perder a minha amizade, basta falar que você leu e gostou desse livrinho de quinta).

Por mim, todas essas mensagens fantasiosas poderiam explodir.

Quem acompanha o Linkedin já deve ter percebido que as pessoas que ficam postando essas mensagem de autoajuda para ganhar likes são totalmente vaiadas pelos outros.

Eu estou para dizer que em breve o Linkedin deverá implantar algum recurso para varrer esses seres de sua rede.

Isso acontece porque o pessoal do Linkedin não tolera essas asneiras. Se você quer postar fotos de gatinho ou de comida, então que poste no seu Facebook, lá sim é lugar.

O mito da autoajuda precisa acabar!

Essas mensagens te enganam, te iludem, te dão a impressão de que “basta fazer isso para acontecer aquilo”.

E o que é pior, você vai gostando de uma, de outra, e quando menos esperar, estará totalmente dependente delas para se motivar.

Imagine só acordar e sentir falta de uma mensagem de autoajuda para poder trabalhar?!?!

Tomara que isso nunca aconteça com você, mas se acontecer, só te digo uma coisa, você está DOENTE, pode ir correndo se tratar na UTI. O seu caso é GRAVE!

Honre o compromisso que você fez ao seu empregador

Eu tenho PENA daqueles que fazem pouco caso do trabalho que possuem e que por isso tratam seus clientes com descaso.

Eu me revolto quando vejo isso acontecer, tanto que esse assunto virou um capítulo no meu livro.

Na minha opinião, se você não gosta do que faz, TEM QUE PEDIR PARA SAIR e dar a vaga para quem realmente vai fazer a mágica acontecer.

Se fosse depender da minha vontade, quem não gosta do que faz não deveria nem ir para uma entrevista de emprego. Aliás, o responsável por uma entrevista que não percebe que o candidato não gosta do que irá fazer é um tremendo de um amador!

Porque se for para ser mais um chorão reclamando que a vida não te deu oportunidades, então RALA, pois para o atual mercado de trabalho competitivo, você não vai servir.


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com