O que é melhor, saber mandar ou saber delegar?


mandar-delegar

Há chefes que não ouvem sugestões. Eles dizem que manda quem pode e obedece quem tem juízo, além de tratar os subordinados como se fossem amebas com meio neurônio.

Esse estilo de chefia é malvisto nos dias atuais ou o papo de delegação é mais ficção do que realidade?

Mandar ou Delegar?

Delegar é uma habilidade bem recente no mercado de trabalho. Durante séculos o que caracterizou a relação entre um superior e um subordinador foi a obediência. O superior mandava fazer o subordinado fazia sem discutir, mesmo que não entendesse por que estava fazendo.

Esse sistema, de origem militar, seria incorporado ao mercado de trabalho e perduraria por séculos. Foi só na década de 1950 que surgiu a expressão “delegar tarefas e responsabilidades”.

E, aos poucos, os chefes incapazes de delegar começaram a ser descritos como relíquias do passado, embora, como se vê por aí, esse passado ainda esteja bem vivo em muitas empresas.

Por que ainda existe tanta resistência em delegar?

Primeiro, porque ao delegar o chefe não se livra da responsabilidade pelo resultado final. Se algo der errado, a culpa será dele.

Segundo porque, ao contrário do que parece para quem não é chefe, mandar é mais fácil que delegar.

Mandar leva um minuto. Já delegar requer não apenas muitas explicações, mas também a definição de limites para a tomada de decisões por parte do subordinado.

Delegar requer também um acompanhamento constante por parte do superior, embora o subordinado sempre ache que tem plena capacidade para executar o trabalho sozinho e sem interferências.

Pode ser que um chefe não delegue porque não tem confiança nos subordinados. Ou pode ser que nunca tenha adquirido essa confiança porque jamais delegou. Ou pode ser que o chefe não tenha confiança nele mesmo e não delegue por receio de quem um subordinado possa se destacar a ponto de ameaçar seu cargo.

Mas uma coisa é certa.

Muitos subordinados que vivem reclamando que o chefe não delega mudam rapidamente de ideia quando se tornam chefes e viram autocratas de carteirinha.

Saber delegar não é só um exercício burocrático. É uma arte restrita a quem confia muito em si mesmo e nos outros, mas também tem sensibilidade para avaliar até que ponto cada um é confiável.

Faz tempo que se diz que chefes assim são o futuro do mercado de trabalho, mas o futuro nunca chega ao mesmo tempo em todas as empresas.

Então, a resposta é simples.

Se você pretende se tornar chefe em sua empresa, descubra qual estilo de chefia ela aprecia mais.

Se esse estilo não bater com o seu, você provavelmente está na empresa errada.


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com