Por que as mulheres são mais sensíveis às críticas no ambiente de trabalho?


Rekoba-Homem-X-Mulher

Por que as mulheres são mais sensíveis às críticas no ambiente de trabalho?

Olhem que questão interessante!

Quando crianças, as meninas são mais suscetíveis a receber uma avalanche de elogios das pessoas que as cercam, e logo se acostumam! Elas são tão perfeitas, tão bem-comportadas, tão engraçadinhas, tão prestativas, tão precoces…

As meninas aprendem a confiar nas avaliações feitas pelos demais e têm grande prazer em ouvir isso!

Quando entram na adolescência, os mimos continuam, são elogios, flores com declarações, convites para um almoço, para um jantar, para um cinema… Todos sempre pagos, é claro.

Porém, quando estas chegam ao mercado de trabalho, onde o que realmente importa é a produtividade, elas inevitavelmente acabam trombando com algum chefe mala, que inevitavelmente irá lhe dar alguma pesada bronca.

Como elas, em sua maioria, cresceram desacostumadas a ouvir tais desaforos, tendem a ficar psicologicamente mais afetadas, algo que possivelmente um homem não sentiria, e eu explico o por quê.

Com os meninos é diferente, estes já são constantemente repreendidos e castigados em grande parte de suas infâncias. Por exemplo, em uma pesquisa feita em salas de aula de uma escola primária nos Estados Unidos, foi observado que os meninos são OITO VEZES mais criticados por seu comportamento do que as meninas (DWECK, 2008).

Em suas brincadeiras, eles frequentemente se xingam de burros e retardados. Gostam de se fantasiar de ogros e monstros, brigam feio nos esportes, etc, etc..

Sendo assim, quando estes inevitavelmente receberem críticas de algum chefe mala, já estarão tão acostumados com esse tipo de comportamento, que possivelmente conseguirão releva-las com mais naturalidade do que as mulheres.

É claro que a questão também envolve outras variáveis, mas por esse ângulo eu nunca tinha observado.

Faz sentido?


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com