Seguir ou Liderar? Você é quem decide.


nao

Os méritos da liderança são tão arraigados que é natural dizer, “eu vou ficar na liderança”.

Quem não gostaria de chegar em casa, ou mesmo atualizar o seu status no Facebook, dizendo para todos que você foi promovido a líder?

Essa é a oportunidade de ter uma mesa nova, de comprar roupas caras, de ter uma vaga reservada no estacionamento da empresa, além de começar a receber aquele tratamento diferenciado dos demais funcionários que você sempre almejou.

O gostinho da vitória é bom demais para ser recusado!

Às vezes, no entanto, faz mais sentido passar o bastão e seguir.

Liderar quando você não sabe para onde ir, quando você não tem o engajamento ou a paixão, ou pior de tudo, quando você não é capaz de superar o medo – esse tipo de liderança é a pior de todas.

É necessário coragem e humildade, duas características que estão em falta em 90% dos gestores brasileiros, para reconhecer que talvez dessa vez, neste momento, você não possa liderar.

Isso não quer dizer que você nunca poderá liderar, quer dizer que neste momento você ainda não está preparado para assumir determinadas responsabilidades sobre as outras pessoas.

Pode ser que você ainda não esteja preparado para cobrar as pessoas sem receio de perder amizades, ou que você ainda não consiga se imaginar em uma posição da qual não poderá se expor da forma com a qual estava acostumado, pois agora você precisará dar o exemplo.

Se você, e só você, acha que ainda não é a hora para assumir tal posição, você deve ter a serenidade de sair do caminho e optar por seguir.

É difícil, eu sei, mas pode ser que ao dar um passo para trás hoje, futuramente você poderá caminhar 5 para frente e se tornar um líder muito mais respeitado do que jamais seria se assumisse essa função agora.

O que você me diz?


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com