Ser querido não costuma estar entre as qualificações exigidas de um líder


serquerido

Daqui alguns dias as aulas retornam, e esse é o recado que eu sempre deixo para os meus alunos.

Eu nunca fiz questão de ser o professor carismático da turma, muito pelo contrário, minha missão é sim fazer às pessoas se tornarem profissionais e seres humanos melhores. E se para isso for preciso sacrificar minha popularidade, paciência.

Esse é um ensinamento que eu levo desde quando eu era aluno. Tenho certeza que se eu perguntar para você qual foi o professor com quem você mais aprendeu, você não irá responder que foi aquele que te deixava entregar trabalhos 1 mês depois do prazo, e o que é pior, sem capa. Muito menos aquele que arredondava um 4,5 pra 6.

O que eu tento passar para eles é que ser bonzinho não costuma ser uma qualificação exigida no mercado de trabalho, você nunca vai ver o dono de uma empresa te pedir para lhe contar uma piada em uma entrevista de emprego. O essencial é sim ser respeitado, digno de confiança e acima de tudo, mostrar resultados.

No final das contas, é bem como disse Steve Jobs:

“Meu trabalho não é ser fácil  com as pessoas. Meu trabalho é conduzir essas grandes pessoas que temos, empurrá-las e torná-las ainda melhor.”

espirito-de-lideranca

Para ser um líder eficaz, você deve saber admitir seus erros

Todos cometem erros, certo? Ser humano é cometer erros. Sendo assim, não seria nenhum segredo eu afirmar que para ser um líder eficaz, você deve saber admitir seus erros, já que, mais cedo ou mais tarde, você irá cometê-los. É assim que você mantém sua integridade e recupera sua credibilidade perante seus liderados.

Para isso, você deve estar disposto a:

  • Reconhecer seus erros. Quando as decisões não saem da maneira que deveriam ter saído, você deve dar uma explicação às pessoas. Não existe nada pior do que um líder que, além de errar, esconde os fatos da catástrofe de sua equipe. Talvez o medo de se passar por incompetente, e consequentemente, perder o prestígio dos seus liderados, seja o principal motivo que leva um líder a agir dessa forma. Não caia nessa armadilha.
  • Pedir desculpas. Quando suas ações machucam os outros, você precisa admitir o que você fez foi errado e dizer que sente muito por seu erro. Mas afinal, por que será que é tão difícil pedir desculpas? Um líder deve deixar sua arrogância de lado e reconhecer que mais importante do que o seu prestígio pessoal, é o desenvolvimento de sua equipe.
  • Reparar seus erros. E, é claro, se estiver ao seu alcance, você precisa encontrar maneiras de compensar as pessoas a quem você causou danos. Não adianta apenas ficar se colocando como vítima, se você errou, elabore uma forma de corrigir seu erro para que ele nunca mais aconteça.


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com