Unilever e seu Xampu com Fator X9


 

xampu-x9

Hoje peguei para reler o clássico A Lógica do Consumo de Martin Lindstrom e resolvi reescrever uma história contada no Capítulo 6, onde o autor demonstra como o mistério pode ser eficaz para chamar nossa atenção para consumir certos produtos:

Quando a Unilever estava se preparando para lançar um xampu na Ásia, um funcionário com tempo de sobra escreveu na etiqueta, só por diversão “contém o Fator X9”.

Essa adição de ultimo minuto passou despercebida pela Unilever e, logo depois, milhões de frascos de xampu foram mandados as lojas com aquelas quatro palavras escritas na etiqueta. Fazer um recall de todo o xampu teria saído caro demais, então a Unilever simplesmente deixou o fator passa.

Seis meses mais tarde, quando aquele lote de xampu esgotou, a empresa reimprimiu a etiqueta, dessa vez sem fazer referência ao inexistente “Fator X9”. Para surpresa geral, a empresa logo recebeu um monte de cartas indignadas dos clientes. Nenhum deles fazia idéia do que fosse o Fator X9, mas estavam revoltados porque a Unilever havia ousado tirar o componente da formula.

Na verdade, muitas pessoas afirmavam que o xampu não funcionava mais e que seus cabelos haviam perdido o brilho, tudo porque a empresa havia retirado o ilusório Fator x9.

Moral da História: Quanto mais mistério e intriga uma marca é capaz de cultivar, maior é a probabilidade de nos agradar.

Invente um “componente mágico”, formule histórias secretas sobre seu produto (um suco feito por laranjas colhidas por virgens da Dinamarca), desenvolva para ele um ritual de consumo (Coca-Cola e Cerveja com limão), essas são uma das tantas histórias contadas no livro que segundo o autor são responsáveis por levar certos produtos ao sucesso.


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com