Você está brincando de Ping Pong com o seu cliente?


pingpongcorporativo

Você sabe qual é a atitude que está mais em falta para a maioria do pessoal que trabalha no setor de atendimento ao cliente?

VONTADE DE RESOLVER PROBLEMAS.

VONTADE DE BATER NO PEITO E FALAR “DEIXE QUE EU RESOLVO”.

Mas eles não fazem, não fazem porque dá muito trabalho, não fazem porque independente do seu esforço, o salário no final do mês já está garantido, e não irá mudar.

Ontem à noite eu fiquei feliz da vida por finalmente encontrar um notebook de bom desempenho por um preço justo. Se você já precisou comprar um esse ano, sabe que isso é algo raríssimo de acontecer no nosso país.

Dormi naquela expectativa. Eu realmente estava precisando da criança para ser mais produtivo no meu trabalho.

Mas a surpresa veio no outro dia logo pela manhã. Ao verificar os meus e-mails, vi que um deles era da empresa onde havia feito a compra na noite anterior, porém, as notícias não eram boas…

Ele dizia que o meu pedido tinha sido recusado pela Administradora do cartão.

Antes de você pensar que eu sou um golpista qualquer, já adianto que o valor estava completamente dentro do meu limite, eu realmente não entendi o porque da recusa.

O início da minha dor de cabeça

Para esclarecer a situação, resolvi ligar imediatamente para a Central de Relacionamento da Administradora… Mas adivinha só, o funcionário responsável pelo atendimento me informou que o problema não era com eles, e sim com o site.

Como um bom consumidor que sou, educado e obediente, aceitei a informação e logo em seguida entrei em contato com Site…

Mas adivinha só, a funcionária do SAC me falou que o problema com a operação também não era com eles, mas sim com a Administradora do Cartão.

Esse é um perfeito exemplo do Ping Pong Corporativo, prática que está presente não só nas grandes corporações, como também nas pequenas empresas do nosso querido Brasil.

É o famoso “deixa que eu deixo”, “fica na sua que eu fico na minha”, “cada um por si e que Deus ajude o cliente”.

Será que você também já passou por isso?

Chega de desculpas!

Então meu amigo, se você trabalha ou conhece alguém que trabalha no setor de atendimento ao cliente, eu gostaria de deixar um pequeno recado:

Para de ser covarde. Pare de transferir a ligação. Pare de falar que o responsável pelo setor saiu para almoçar. Pare de colocar a culpa no sistema.

Eu quero que você bata no peito e tenha coragem e atitude para resolver os problemas do seu cliente.

Já passou da hora de você deixar de ser uma mera peça na engrenagem e começar a dar sentido ao seu trabalho.

Faça isso, ou depois não venha reclamar que o seu chefe resolveu te substituir por alguém bem mais novo e barato.

Resolver os problemas dos seus clientes, nada menos do que isso pode te interessar!


Newslatter
LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com